Fisioterapia Integrativa

Fisioterapia Integrativa: saiba o que é e quais seus benefícios

A verdade é que a fisioterapia integrativa é uma ciência que tem muita estrutura. Mesmo porque, tem embasamento em uma série de técnicas.

E isso acontece porque ela visa abordar diversos tipos de métodos, bem como a terapia manual, por exemplo.

No entanto, o grande diferencial está no fato de ter um certo foco em manter o equilíbrio do sistema nervoso do paciente.

Dessa forma, visa melhorar o sistema nervoso autônomo como um todo, bem como:

  • Sono;
  • Alimentação;
  • Estresse;
  • Poluição;
  • Desequilíbrios hormonais etc.

Ou seja, não há como negar que a fisioterapia integrativa acaba tendo uma série de vantagens e benefícios.

Mas, ainda assim, é normal que algumas pessoas tenham dúvidas a respeito de alguns pontos. Como aplicar essa técnica? Será que é algo seguro?

Dúvidas como essas são bem comuns, mas é importante obter clareza sobre todas elas, até para que você se sinta um pouco mais seguro a respeito do assunto.

Então, se você quer saber mais sobre fisioterapia integrativa, é só continuar nesse artigo que iremos falar sobre todos os detalhes. Sem mais delongas, vamos ao que importa!

O que é fisioterapia integrativa?

Fisioterapia Integrativa
Fisioterapia Integrativa

 

Antes de tudo, é essencial que você entenda o que é esse conceito, até mesmo para se sentir mais seguro quanto a ele.

Em suma, a fisioterapia integrativa visa englobar a visão do organismo humano e da necessidade de diagnóstico e de soluções específicas e efetivas.

Sendo assim, o ideal é que o médico sempre alinhe todos os tratamentos junto com o paciente, até mesmo para garantir que será capaz de atender todas as necessidades.

No entanto, uma das coisas mais interessantes é o fato de ser possível fazer isso por um método bem simples: por meio de algumas perguntas ou avaliações.

E, ao fazer isso, o médico vai entender melhor o seu caso e saber qual é a melhor forma de tratar o que o paciente está sentindo.

Ou seja, a finalidade é sempre tratar da melhor forma o corpo do paciente, com base naquilo que avaliou ou que escutou.

Mesmo porque, de que adianta tomar remédio ou suplemento se o corpo não está com o órgão saudável? Nesse caso, não será capaz de tirar as toxinas.

Sendo assim, através da terapia, reeducação na mudança do estilo de vida, a fisioterapia integrativa pode sim ajudar o paciente a eliminar uma série de problemas em seu corpo.

Quando há inflamação, mas sem o tratamento adequado, é capaz de resultar em uma série de problemas. Mas, dentre todos eles, podemos citar os seguintes:

  • Fadiga crônica;
  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Enxaquecas;
  • Dor na articulação;
  • Rigidez etc.

Então, o intuito é evitar esse tipo de problema ao paciente, fazendo com que ele se torne mais saudável. E é por isso que a fisioterapia integrativa é tão importante.

Como começar a faxina e resolver o problema?

Primeiro, a fisioterapia integrativa faz a seguinte pergunta: o paciente tem alguma inflamação? Está oxidado?

É a partir dessa resposta que se terá um norte um pouco mais preciso, a fim de ver quais são os possíveis tratamentos, além de também investir na reeducação de hábitos.

Ademais, saiba que ambos os problemas podem acontecer por vários motivos. No entanto, os mais comuns são:

  • Má alimentação;
  • Stress;
  • Problema endócrino.

Fora isso, saiba que há um recurso em todo o corpo que se chama “emunctórios naturais”. Em suma, nada mais é do que um órgão excretor, o qual deve eliminar resíduos do corpo.

Ou seja, é isso que faz com que qualquer substância tóxica não fique presa dentro do corpo, mas sim que possa ser extirpada.

No entanto, é interessante destacar que esse processo ocorre em especial nos seguintes órgãos:

  • Fígado;
  • Rim;
  • Pulmão;
  • Intestino;
  • Pele;
  • Órgãos reprodutores.

Se os emunctórios não estiverem funcionando bem, por exemplo, no intestino ou em algum outro órgão, pode ser que através do intestino ele seja eliminado.

Mas, quando isso acontece, pode ser que o corpo de uma pessoa tenha algumas reações típicas, bem como:

  • Espinha;
  • Irritação na pele;
  • Eczema etc.

Ademais, usar algum remédio para aliviar algum desses sintomas pode ocasionar em problemas para outros órgãos do corpo.

Sendo assim, a melhor maneira é limpar o corpo, desintoxicar, identificar onde está a oxidação ou a intoxicação.

Em seguida, é só procurar dar energia para o órgão e fazer com que ele funcione bem, excretando a sujeira para a sua própria saúde e do corpo como um todo.

Benefícios da fisioterapia integrativa

Há uma estratégia que se chama “PICS”, e ela é um conceito criado na fisioterapia integrativa, capaz de oferecer alguns benefícios bem interessantes.

Seu principal ponto é ligar o bem estar físico e mental e relacioná-lo com o ambiente. Nele, o profissional irá observar o paciente e sua biomecânica, bioquímica e suas emoções.

O PICS tem como objetivo promover saúde e aliviar sintomas, além de prevenir agravos, por exemplo. Sendo assim, ele é bem interessante.

Mesmo porque ela promove uma educação no paciente para ele procurar ter um maior cuidado consigo mesmo, a fim de criar uma ligação com o corpo.

Ou seja, isso quer dizer que a partir desse entendimento, ele passa a ter melhores hábitos e conseguir se regenerar.

Como aplicar práticas de fisioterapia integrativa?

Hoje em dia, a fisioterapia pode aplicar 7 das 29 práticas que o Ministério da Saúde permite. É algo um tanto limitado, mas capaz de oferecer bons resultados.

Essa regra foi feita pelo COFFITO, na resolução nº. 380, de 3 de novembro de 2010. Ela estipula o uso da fisioterapia integrativa e outros que ajudam a complementar, bem como:

  1. Hipnose;
  2. Fitoterapia;
  3. Florais;
  4. Fisioterapia antroposófica;
  5. Magnetoterapia;
  6. Práticas manuais, meditativas e corporais;
  7. Crenoterapia;
  8. Balneoterapia;
  9. Termalismo.

Há também uma regulamentação feita pelo COFFITO e listada pelo Ministério da Saúde em relação a auriculoterapia e acupuntura.

Por serem técnicas da medicina tradicional chinesa, elas inserem em pontos específicos do corpo agulhas para aliviar vários problemas e enfermidades.

Elas são permitidas e a fisioterapia permite, por contribuir na redução da dor e no aumento do bem-estar do paciente.

Essas PICS específicas só poderão ser aplicadas pelo profissional fisioterapeuta caso ele comprove a certificação dessas práticas integrativas e complementares.

Elas deverão ser provenientes de instituições de ensino superior ou entidades de fisioterapia autorizadas pela COFFITO.

Tags relacionadas: #fisioterapia integrativa cursos #fisioterapia integrativa crefito #fisioterapia integrativa e terapia manual #fisioterapia integrativa pdf #fisioterapia integrativa coffito

Compartilhar

Se inscrever

Nossas Redes

Procurando Ortopedistas Especialistas?

Fale Conosco